28 julho, 2016

MATE A VACA!


Vocês já conhecem a história da vaquinha que vocês tem que matar?
 CAAAAAALMA! Faz bem matar ela as vezes :)


Era uma vez um aluno e um sábio, que vagavam por terras visitando pessoas que viviam ao longo dessas terras. Eles entravam em suas casas, aprendiam sua vivências e se pudessem, ensinavam alguma coisa.

Certa vez, esse aluno e esse sábio resolveram ficar em uma casa muito pobre, muito humilde. Ao chegar lá, viram que eram um casal e seus três filhos. Todos ficavam em casa, sofrendo a sua fome e sofrendo a sua pobreza. 

Na hora do jantar muito simples que o casal preparou, o sábio perguntou: "-Como vocês fazem para sobreviver nessa terra?", o casal respondeu: "-Nós temos a nossa vaquinha, que prove todo o leite que nós consumimos, vendemos um pouco desse leite e assim conseguimos nos sustentar e sobreviver na nossa terra". 

Quando chegou a noite, e toda a família for dormir, o sábio disse: "-Meu aluno, eu tenho uma missão pra você! Mate a vaca!". O aluno ficou chocado e disse: "-MESTRE! MAS ESSA VAQUINHA É TODO O SUSTENTO QUE ELES TEM, POR QUE NÓS VAMOS MATÁ-LA?". O sábio: "-Sem perguntas, apenas faça o que eu mando!".

E assim o aluno o fez, eles foram embora e depois de um ano resolveram voltar pra ver como estava a família. Ao chegarem na casa perceberam que já estava diferente, a casa que era de madeira agora era cheia de tijolos, a geladeira que outrora era vazia, agora tinha comida para a família comer, e dos três filhos apenas um morava com o casal. O aluno ficou assustado e perguntou como eles conseguiram mudar tanto a vida deles assim, e o casal respondeu: "-Infelizmente, nossa vaquinha morreu, não sabemos como, a primeira semana foi muito difícil, passamos fome e ficamos desesperados, mas então percebemos que precisávamos fazer algo pra mudar nossa situação. Dois dos nossos filhos saíram de casa e foram estudar, nosso filho caçula está aqui nos ajudando pois nossa terra é fértil e nós não sabíamos disso antes e viramos agricultores...Foi uma pena nossa vaquinha ter morrido, mas foi a melhor coisa que nos poderia ter acontecido".

O sábio ficou calado e só observando e mais tarde falou pro aluno: "As vezes precisamos matar a vaca de uma família para que ela consiga olhar para os lados e então prosperar".

 Moral da história? A vaquinha representa nossa zona de conforto, representa aquilo que nós já conhecemos e nós já vivemos. Se a nossa situação atual não está tão boa da forma como nós vivemos, significa que nós precisamos matar a nossa vaquinha. Você já matou a sua?

Tu ta ganhando um bom dinheiro com uma coisa mas só está la mesmo pelo dinheiro porque você odeia aquele ambiante? Estas em casa o dia inteiro confortável de boas mas está incomodado com isso? Quer passar no vestibular mas não consegues ficar muito tempo concentrado e só pensa em dormir? Quer ir ao cinema assistir aquele filme massa mas não há ninguém pra ir com você e tu tá triste? Quer viajar e conhecer gente nova mas tem medo?

MATE A VACA!

Se liberte dessa zona de conforto que impede mudanças na sua vida. Se permita ir ao cinema assistir aquele filme sozinho mesmo. Se permita quebrar a cara 1,2,3 vezes só pra conquistar algo que queres a tempos. Se permita abandonar por um tempo as séries e estudar um pouco pra algo que queres. Se permita pedir demissão e a receber menos mas fazer o que gosta. Se permita tentar de novo e de novo porque uma hora vai acontecer.

Quando dizem que nossos inimigos somos nós mesmos não é bobeira. Pensamos muito na possibilidade de se frustrar em determinada área, de tudo dar errado, sobre o que vão pensar se nos verem no cinema sozinho, no dinheiro... E acabamos perdendo tantas oportunidades que nuuul!

Prove pra você mesmo, que tu és capaz de ser quem você quiser, de realizar o que você quiser, o conquistar o que você quiser, mesmo que pra isso tu precise abir mão do seu conforto.

“O preguiçoso morre de tanto desejar e de nunca pôr as mãos no trabalho". Pv: 21.25

Espero que tenham gostado <3

-Bruna Santos

25 julho, 2016

Lugares que quero conhecer





















Olar seres! Todos dias ou pelo menos todas a semana eu procuro me torturar mentalmente em sites de viagens, ou no querido Google buscando por lugares que sonho um dia conhecer e tirar uma foto marota.  É muito louco pensar nesses lados que é possivel visitar, para quem vive em uma cidade que não tem muitas atrações ou que nem sabe os pontos de onde vive,  e vê que cada lugar, seja Brasil ou afora, tem vários pontos para ser explorados, seja muito conhecidos ou não, começa a querer criar aquela alma aventureira, que sai por ai só com sua mochila nas costas e câmera na mão. Essa minha listinha pessoal está lugares que são mais conhecidos, por exemplo, um ponto turístico de NY USSUHUSH, nada original, mas sonho é sonho, né non?





















 Inicialmente a Greenwich Village era a minha queridona pelo fato de ter a famosa esquina Bedford Street com a Grove Street. Sim, uma esquina! Mas meus queridos não é uma simples esquina, nesse lugar está o famoso prédio onde os Friends morava, a série passava uma boa parte nesse apartamento e outra no café 'Central Perk', que infelizmente não existe. Porém pesquisando mais sobre a Village, descobri que é mais do que isso e um bom lugar que contém artes, museus e muita historia. Um bairro que contém as festas de Halloween, a parada LGBT e uma vida noturna para os Universitários. É um lugar completamente apaixonante e iria para NY só para visitar essas redondezas.   





Deste que me conheço por gente ( deste que conheço GTA na verdade) Los Angeles sempre foi um dos lugares que sempre admirei e consumia um desejo absurdo de conhecer ( ainda consumo). Lá tem vários lugares para visitar, não só Los Angeles, mas a Califórnia toda é cheia de atrações para todos os tipos de pessoas. Um desses lugares é a Venice Beach, localizada no Oeste de LA. Sempre acreditei, por imagens e pelo o que as pessoas falam, que LA é um lugar incrível com uma vibe muito boa, e Venice é um lugar que dá essa impressão para a gente. Lá além de ter a praia, tem pessoas de todos os tipos, várias apresentações na rua por pessoas talentosas, lojas, comidas boas e tudo de bom. Não vejo a hora de conhecer esse lugar, onde as pessoas podem ser elas mesmas. 



















Continuando na Califórnia, e de amores surgidos pelo GTA SA, vamos falar sobre a Lombard Street. Ela se localiza em São Francisco e é um dos pontos turísticos por lá. Convenhamos, é um lugar lindo, interessante e um bom cenário para fotos. As rua em zique-zaque e todo esse essas flores e verdes vivos deixa a gente com vontade de andar por lá. Obrigada GTA por me mostrar lambard Street ( mesmo em um gráfico totalmente feio).



















Saímos de EUA com destino  Camden Town, um distrito em Londres que tem uma boa fama. Falam que lá você encontra de t u d o e todos os tipos de pessoas. É como se fosse um lugar sem essas coisas de limites ou preconceitos. É mais um lugar desse mundo onde você provavelmente se sentirá esquisito por estar sendo tão normal USHUHSU. Dou valor para lugares assim e com certeza Camden Town será um dos meus pontos quando um dia eu chegar a ir para Londres ( Londres, eu te amo).





















 De Londres para Amsterdã para falar do Museu De Anne Frank. sendo sincera, a desinformada aqui não sabia que tinha um museu no edifício em que ela e sua família se esconderam na época em que os nazistas resolveram ocupar a Europa, no período Segunda Guerra Mundial. Fui saber disso no livro/filmes A Culpa é Das Estrelas ( poise), e deste disso eu imagino que interessante seria saber um pouco mais dessa historia de perto e tentar sentir um pouco do que ela sentia. 



















Para finalizar a lista, não podia deixar o Brasil de fora. Sou apaixonada pelo Nordeste e pelo Sul, apesar de morar no Sul ( parana paranaue), não conheço nada por esses lados. Santa Catarina e Rio Grande do Sul me agradam em todas as formas, e um dos lugares que mais me chama atenção é Gramado, em RS. Gente, que lugar lindo! Há um tempo atrás eu estava pesquisando sobre Gramado, ele realmente é como dizem, muito encantador, comidas boas, aparência de Europa, um frio gostoso, e claro, museu e eventos culturais. Me falam, vocês já conhecem esse lugar?


É uma sessão de tortura e ao mesmo tempo ótimo falar desses lugares USHUSHU. Compartilham para mim os melhores lugares para vocês e se já conseguiram visitar eles. 
Finalizo o post por aqui. Espero que vocês tenham gostado. 
Ah, blog agora está com 100 SEGUIDORES LA LA LAIÊ! Obrigada a todos que acompanham o blog \o/  Fiz um Instagram e uma pagina para o Devaneios, nos acompanha por lá ♥
Insta: @Blogdevaneios ////// Pagina Facebook: Devaneios

Flwwws ;)
Marieli.


21 julho, 2016

Amigo estou aqui


Um dia depois porque sou rebelde. Mas dia do amigo é todo dia, afinal, já pararam pra pensar como é bom ter um?

"Amigo é aquele que sabe de tudo a seu respeito e mesmo assim, ainda gosta de você".- Kin Hubbard

Durante um período da minha vida eu eu fui a pessoa mais solitária do mundo. Durante um ano a depressão me fez a pessoa mais sozinha, desconfiada e medrosa. Ia a lugares com muito movimento e saía correndo, me sentia apertada e achava que todos riam de mim. Se eu tinha amigos? Só meus pais, mas parece que não é a mesma coisa...

No ano de 2012 eu havia sido trocada de turma, cheia de pessoas desconhecidas e algumas conhecidas. Eu tava no meu processo de cura digamos assim,  até que eu comecei a conversar com um pessoal doido lá, no inicio eu tinha um pouco de vergonha e medo de começar algo e depois eles me abandonarem. Mas depois eu me libertei!

Era um grupo relativamente pequeno, assuntos que nenhum grupo praticamente tocava muito no assunto. Enquanto estavam lá falando de beijos e ficantes, nosso grupo falava de filmes, jogos, riamos feito hienas, e como proteger nossa virgindade (huahuahua). Foi louco como mudaram minha vida.

Deram cor em o que até então era preto e branco. Eu me senti amada, protegida e feliz :)
Me ensinaram a rir até mesmo em situações ruins, levantar sacudir a poeira e dar a volta por cima.

Estamos juntos até hoje, mesmo cada um seguindo seu caminho, mesmo com sonhos um tanto quanto diferentes, Mesmo com a "distancia" quando nos encontramos é o terror -pras pessoas que nos rodeiam é claro- rimos como se não houvesse amanhã e na despedida eu não falo, mas fico me perguntando quando será a próxima, ou se vai demorar muito pra acontecer.

Me fizeram perder o medo de fazer mais amigos, e hoje tenho mais amigos, mas começaram por eles, eles melhoraram tudo.

De todos uma se destaca, e sim é a Marieli, a menina que divide esse blog comigo (Marilene como a chamamos) Em uma tarde de tédio uma mensagem "Vamos se ver essa tarde?" "Vamo fazer isso?" "Vamos começar aquilo que é nosso sonho desde que nos conhecemos?" "Vamos?"
É aquela válvula de escape que tu usa pra tudo. "MARILEEEENE ME AJUDA! OQ EU FAÇO? SE FOSSE VOCÊ OQ VOCÊ FARIA?"
É cantar em um ônibus lotado e ver todos olharem pra vocês como doidas
É ficar um dia inteiro apenas com algo liquido no estomago e receber "nãos" o dia inteiro e ainda sim fazer promessa de dedinho dentro de um õnibus lotado sobre: "Não vamos desistir, ok?".

Amigo é rir, e rir de tudo mesmo. É ter com quem chorar, É ouvir teus áudios enormes. É se irritar muito, mas é por uma boa causa. É descordar de muitas coisas e concordar com tantas outras. É falar: "Amiga, para q ta feio". É ter em quem confiar. É saber de todos os teus podres, mas também de todas as tuas qualidades. É marcar pra ver juntas uma série nova. É sair sem dinheiro mesmo, mas só pra ter aquela boa companhia. É sonhar e planejar coisas que vocês amariam fazer juntas, mesmo que demore.

Eu não sou muito de expressar fofuras, mas as vezes é necessário. Um verdadeiro amigo vale mais do que um irmão <3

Consegues imaginar um vida sem amigos? Pois eu não mais :)

Que em sua vida você seja bombardeado de amor vindo de amigos verdadeiros, e que momentos que seriam de completa solidão, você ter alguém pra rir, chorar, dançar, cantar e fazer dos teus dias os melhores <3

Esse vídeo é totalmente pessoal, e nem a Mari sabe que eu postei, estávamos totalmente descabeladas em um dia tipicamente chuvoso aqui do Paraná. A edição está péssima assim como a imagem. Mas é um prova do quanto a Mari conhece meus gostos hahahahahahahahaha. Daqui uns dias ele estará em modo privado de novo. Achei legal postar rapidinho em um post especial <3

-Bruna Santos

20 julho, 2016

Tag: Heróis







Olar! Tudox belezona com vocês? Meu segundo post da semana, vamo que vamo SUHSUH. Não sei se vocês são assim, mas quando eu tenho muitas ideias para post eu já vou fazendo em um blog para testes, e ai quando fica tudo prontinho eu não vejo a hora de postar, dá vontade de postar tudo de uma vez. Mas enfim, ao som de 5 Seconds of summer ( e no fundo a minha sobrinha resmungando) venho responder uma tag que achei bem legal que vi por acaso no youtube e pensei " por que não?" . A tag se chama Heróis e contem 13 perguntinhas. Vamos lá?

15 julho, 2016

Os monstros são as pessoas...



A noite parecia não ter fim, o desespero, o grito das pessoas clamando por socorro, a correria das mesmas, tudo isso me atormentando como um pesadelo, mas eu não acordei no meio da noite com um: "Ufa! Era apenas um pesadelo, vou voltar a dormir". Era um pesadelo real, um pesadelo pesado, um pesadelo que provavelmente, não terá fim.

Quando eu era criança ficava imaginando como seria os monstros, eles seriam enormes, provavelmente horrendos, pele estranha, dentes horríveis, pés gigantes, uma força relativamente maior do que podíamos ter.
O desenho Scooby-Doo estava coberto de razão. "E os verdadeiros monstros são: (pessoas que você não imaginava)".

Os monstros são as pessoas, pessoas normais como eu e você.

Será esse monstro que acabará com a humanidade? Será o próprio homem que irá destruir famílias?acabar com um país? Será ele? E como nos livraremos dele? Ou essa situação só irá piorar?

"Vamos matar porque não concordam com nossos princípios, vamos matar porque pregam o amor, vamos matar pois buscam direitos, vamos matar pois eles estão em paz, vamos matar porque nos contradizem, vamos matar pois não vejo futuro pra essa pessoa, vamos matar pois é uma pessoa ruim, vamos matar, VAMOS MATAR!".

E aos pouquinhos, um vão matando uns aos outros, aos pouquinhos propagando mais ódio, aos pouquinhos perdendo o amor, aos pouquinhos tudo vai se acabando.

Consegues perceber a gravidade disso? Consegue chorar por isso? Consegue lutar com o amor quando somos atacados com ódio? Consegues dormir? Consegues imaginar um futuro melhor? Consegues enxergar a solução? Consegues entender que somos da mesma espécie? Consegues entender que matamos uns aos outros todos os dias? Sejam em palavras ou atitudes. Consegues perceber que é o fim?

Mateus 24:6-13

6-E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim.

7-Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares.

8-Mas todas essas coisas são o princípio das dores.

9-Então sereis entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.

10-Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão.

11-Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;

12-e, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.

13-Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.



Ore pela França. Ore pela humanidade.


-Bruna Santos

09 julho, 2016

Cadê o roteiro da vida?

















Quando eu era criança não me importava muito com o meu futuro, até porque estava confiante de que eu que seria professora mais amada pelo os alunos, e nas horas vagas dona de um comercio de sucesso onde as pessoas pensariam em ir quando quisessem fugir da realidade. Cresci e percebi que ser professora não seria bem o meu forte, pois imagina uma pessoa estressada até consigo mesmo em uma sala que os alunos só faltam escalar as paredes. Então mudei de 'futura profissão' várias vezes e cheguei em moda, até fiz uma prova para entrar em aulas técnica em designer de moda, não passei, mas agradeço as questões de química por isso, já que além de não souber desenhar, entendo nadica de nada do assunto. Então entrei no tão temido ensino médio. Quando eu entrei no ensino médio, e o assunto faculdade, profissão e futuro vieram mais a tona eu simplesmente desesperei. Meus amigos já estavam com ideias, e eu em duvida em trocentos cursos. Passei três anos mudando de ideias de cursos para fazer, já que eu tinha/tenho confiança de publicar um livro e viver de blog e youtube. Mas faculdade né, os pais esperam que seus filhos fazem isso para ter um diploma e ser alguém na vida. Publicidade, turismo, administração, web designer, artes cênicas, cinema foram alguns que passaram na minha cabeça, até que PAAM jornalismo me conquistou. Apesar de jornalismo está ali firme e forte sempre acabo tendo as minhas duvidas, por exemplo, o cinema, está ali para tentar complicar as coisas, mas tudo bem. 
Sinto que não vou me satisfazer com um curso, ou com um único trabalho. Então acabo pensando em tudo que quero e vou incluindo no meu futuro, e nele está blog, youtube, jornalismo, cinema, um comercio ( pub, livraria, lanchonete e a lista é grande) intercambio e depois não vejo mais nada. Vocês estão conseguindo compreender meus pensamentos? SUHSUHSU. Ai pergunto para vocês, porque diachos a vida não tem um roteiro? Pensam que legal, você nasce já sabendo o que fazer, sabendo em quem confiar e não confiar, em quais oportunidades ir a fundo e as quais você nem pode chegar perto. E principalmente, a gente ficaria sem essa dor de cabeça do que fazer futuramente ou a gente mesmo fazendo pressão. Mas para o outro lado é chato, já que não teremos a oportunidade de quebrar a cara e aprender ( não reclamaria se eu já nascesse sabendo das coisas).
Mas sabe meus queridos amigos, de uma certa forma eu estou extremamente ansiosa para o que vai vim. Sempre fui muito apressada, por mim eu estaria fazendo várias coisas. Porém aprendi nesse ano que não estou fazendo várias nada, é não ter pressa. Tudo vem com seu tempo ( se tu correr atrás também né monamur), e não importa sua idade, você irá conseguir aquilo que quer com o maior prazer. Os pensamentos e os xingamentos internos são realmente frustrante. Passei e passo ainda várias dia/tarde/noite pensando em que fazer, como lidar com as coisas, organizar, e como ir atrás, e xingo a mim mesma por não souber como funciona essa parada que chamamos de vida e futuro. Xingo internamente por não ter nem a capacidade de escolher uma profissão e ir a fundo com isso. Mas quer saber? foda-se, não é mesmo? Podemos fazer várias coisas, podemos passar por vários perrengues, mas no fim vamos poder rir disso tudo e pensar " como fui trouxa em me preocupar com isso". 
A moral é que, senti a necessidade de vim falar sobre uma parte dos meus pensamentos frustrante sobre a vida, que é chato e perturbador ser confusa, indecisa e exigente e não saber o que fazer, porém também falar para mim mesmo e para vocês: Não tenham pressa e não se cobrem tanto, podemos passar por várias merdas e medos, e aprender com elas, mas que no final dessa historia escrita por ti, será finalizada com sucesso. 

BEIJU da Marielsx para vocês ♥

05 julho, 2016

Não vai ter treta!


Já faz alguns dias que eu, tenho pensado muito sobre "treta". Tanto pessoais, quanto discussões mais abertas a todos. E daí, eu estava lá surfando na internet, e acabei me deparando com um vídeo da Roberta Vicente que me fez pensar muito sobre. E no vídeo ela fez uma pergunta que olha, eu fiquei umas horinhas pensando sobre, e resolvi compartilhar com vocês também :)

02 julho, 2016

Favs/links do Mês #2 - Junho




















Olar pessoas. Essa semana. Esse mês. Esse ano. Não estou vendo eles. A gente está no mês 7 e a minha lista de feitos essa ano está escrito vários nada HAHAH. Fazer o que, não é mesmo?!
Ao som de Luan Santana ~estou sertaneja essa semana~ venho mostrar para vocês caras amigas os marcantes desse mês. Fiz uma lista assim em Abril ( aqui ), furei um mês, mas vou tentar fazer isso mensalmente, já que é um tipo de post que gosto de ver para conhecer novas coisas/blogs. 
Então vamos lá ver as várias coisas que fizeram parte desse mês para mim ( ou não).