09 julho, 2016

Cadê o roteiro da vida?

















Quando eu era criança não me importava muito com o meu futuro, até porque estava confiante de que eu que seria professora mais amada pelo os alunos, e nas horas vagas dona de um comercio de sucesso onde as pessoas pensariam em ir quando quisessem fugir da realidade. Cresci e percebi que ser professora não seria bem o meu forte, pois imagina uma pessoa estressada até consigo mesmo em uma sala que os alunos só faltam escalar as paredes. Então mudei de 'futura profissão' várias vezes e cheguei em moda, até fiz uma prova para entrar em aulas técnica em designer de moda, não passei, mas agradeço as questões de química por isso, já que além de não souber desenhar, entendo nadica de nada do assunto. Então entrei no tão temido ensino médio. Quando eu entrei no ensino médio, e o assunto faculdade, profissão e futuro vieram mais a tona eu simplesmente desesperei. Meus amigos já estavam com ideias, e eu em duvida em trocentos cursos. Passei três anos mudando de ideias de cursos para fazer, já que eu tinha/tenho confiança de publicar um livro e viver de blog e youtube. Mas faculdade né, os pais esperam que seus filhos fazem isso para ter um diploma e ser alguém na vida. Publicidade, turismo, administração, web designer, artes cênicas, cinema foram alguns que passaram na minha cabeça, até que PAAM jornalismo me conquistou. Apesar de jornalismo está ali firme e forte sempre acabo tendo as minhas duvidas, por exemplo, o cinema, está ali para tentar complicar as coisas, mas tudo bem. 
Sinto que não vou me satisfazer com um curso, ou com um único trabalho. Então acabo pensando em tudo que quero e vou incluindo no meu futuro, e nele está blog, youtube, jornalismo, cinema, um comercio ( pub, livraria, lanchonete e a lista é grande) intercambio e depois não vejo mais nada. Vocês estão conseguindo compreender meus pensamentos? SUHSUHSU. Ai pergunto para vocês, porque diachos a vida não tem um roteiro? Pensam que legal, você nasce já sabendo o que fazer, sabendo em quem confiar e não confiar, em quais oportunidades ir a fundo e as quais você nem pode chegar perto. E principalmente, a gente ficaria sem essa dor de cabeça do que fazer futuramente ou a gente mesmo fazendo pressão. Mas para o outro lado é chato, já que não teremos a oportunidade de quebrar a cara e aprender ( não reclamaria se eu já nascesse sabendo das coisas).
Mas sabe meus queridos amigos, de uma certa forma eu estou extremamente ansiosa para o que vai vim. Sempre fui muito apressada, por mim eu estaria fazendo várias coisas. Porém aprendi nesse ano que não estou fazendo várias nada, é não ter pressa. Tudo vem com seu tempo ( se tu correr atrás também né monamur), e não importa sua idade, você irá conseguir aquilo que quer com o maior prazer. Os pensamentos e os xingamentos internos são realmente frustrante. Passei e passo ainda várias dia/tarde/noite pensando em que fazer, como lidar com as coisas, organizar, e como ir atrás, e xingo a mim mesma por não souber como funciona essa parada que chamamos de vida e futuro. Xingo internamente por não ter nem a capacidade de escolher uma profissão e ir a fundo com isso. Mas quer saber? foda-se, não é mesmo? Podemos fazer várias coisas, podemos passar por vários perrengues, mas no fim vamos poder rir disso tudo e pensar " como fui trouxa em me preocupar com isso". 
A moral é que, senti a necessidade de vim falar sobre uma parte dos meus pensamentos frustrante sobre a vida, que é chato e perturbador ser confusa, indecisa e exigente e não saber o que fazer, porém também falar para mim mesmo e para vocês: Não tenham pressa e não se cobrem tanto, podemos passar por várias merdas e medos, e aprender com elas, mas que no final dessa historia escrita por ti, será finalizada com sucesso. 

BEIJU da Marielsx para vocês ♥

47 comentários:

  1. Eu acho completamente errado que queiram que a gente decida o que fazer da vida pro resto da vida aos 17 anos. Eu sempre quis jornalismo, só que a vida me mandou pro rumo da zootecnia que não deu certo, depois me enviou pro lado de sistemas de telecomunicações e eu realmente acho que não vai ser uma coisa que vai me fazer feliz ou que eu vou fazer pelo resto da vida. Eu não acho que eu, com 20 anos ainda sei o que eu quero na minha vida, ta eu quero ser uma kardashian mas não dá.
    Devíamos ser preparados para todas as áreas desde o começo da vida escolar pra ser mais fácil esse processo quando maiores. (por isso não fiz jornalismo, me perco escrevendo e sai tudo sem nexo kk)
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. USHUHSUHSUHSU concordo contigo, moça. Não consigo nem escolher as minhas roupas sozinha, imagina o meu futuro, a vida pega pesado as vezes UHSUHSU. Poxan, também queria ser uma Kardashian perdida, imagina que delicia fazer parte dessa família. Nem sei porque amo tanto jornalismo, também me perco na hora de escrever USHUSH.
      BEIJU!

      Excluir
  2. Quando somos crianças, sonhamos com uma vida maravilhosa, cheio de coisas que sonhamos todos os dias... Mas não é bem assim né? Eu também senti essa pressão de "faculdade" no ensino médio. Eu ainda estou nele e ainda não sei o que vou fazer quando sair da escola, estou nessa famosinha pressão ainda.

    Quem nunca quis um intercambio né? Eu adoraria fazer intercambio mas com certeza esse é um desejo só irrealizável. Eu não estou muito ansiosa para saber o que vem pela frente, mas espero que venha muitas coisas boas.

    Adorei seu pensamento, suas ideias e saber um pouco mais de você!

    Com amor,
    http://harmo-nize.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levei um tombo feio quando meus pensamentos deste crianças estavam me iludindo, mas faz parte UHSUHSU. Sobre a pressão, não sei se sou a melhor pessoa para dar uma dica USHUSHU, mas, se acalme e lembra que temos todo tempo do mundo, somos novos e ainda temos muito que aprender. Sonho fazer intercambio, cujo pretendo fazer daqui uns ano quando eu juntar uma grana. Não pense que é irrealizável, moça. <3
      Obrigada, senti a necessidade de falar mais um pouquinho sobre mim <3
      BEIJU!

      Excluir
  3. Aconteceu parecido comigo haha fiquei muito confusa e desesperada e ainda meus pais me pressionando a falar uma resposta concreta, sabe com aquela certeza e também me pressionando para uma que eu não tinha nada a vê. De tanto pensar eu parei. Respirei. E notei que a única coisa que não posso viver sem é ler e escrever, fui listando minha qualidades e cheguei a conclusão várias vezes de que teria que ser professora <3 Mesmo eu decidido o que quero cursar daqui uns anos, passei e ainda passo por muito, meus pais querem muito que eu faça outro curso... Mas vamos seguindo não é mesmo? Gostei muito de você dividir um pouco mais de você com nós, parece que tenho uma companheira em meio a tantas confusões e complicações da minha vida.
    Um Abraço Flor <3
    Jardim de Palavras
    Vintage Feelings
    Grande Vaidosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olar moça! Essas coisas são bem complicadas mesmo, que chato né? SUHSUHSU. Mas vamo seguir, só te falo que, não muda as suas vontades pelo seus pais, a gente se frustra pelas as decisões e tantas portas que podemos escolher, mas o importante é escolher o que teu coração mandar <3
      Beiju e obrigada pela visita ♥

      Excluir
  4. Oi, Mari.
    Acredito que todos já passaram por essa confusão e turbilhão de questionamentos né. Acho que certeza mesmo é difícil de se ter, porque a gente sempre muda, tudo muda.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila! Verdade, creio que faz parte do aprendizado AHUHAUA. Estou contando com essa mudança.
      BEIJU <3

      Excluir
  5. Eu acho que essa questão de escolher é uma das piores, e infelizmente a maioria passa por isso, as vezes escolhe, se arrepende, as vezes vai pela pressão dos outros.
    Eu mudei ao longo doa anos, o que eu escolhi e achei que seria o certo já não me satisfaz mais, é complicado. Muito legal teu texto, é a realidade mesmo. bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
  6. Me encontro no último ano do ensino médio, e não tenho certeza de nada do que seguir. Mas é bom a sensação de escolher, de procurar, de ter chances de decidir como que vai ser, acredito que um roteiro deixaria as coisas muito previsíveis e sem graça, apesar das dificuldades e incertezas que temos. Tudo passa, e vamos sempre mudando com o tempo, nada nos impede de escolher, errar, refazer, não acha? haha até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou duvida entre querer ter um roteiro ou não USHUHUS, mas concordo contigo. Acho que se fosse tudo marcado, a gente não teria a emoção e a bagagem da vida.
      até mais <3

      Excluir
  7. Mas pensa como seria chato você nascer sabendo que teria de fazer X, Y e Z quando na verdade você poderia se sentir atraída por A, B ou C?! Eu nunca me questionei sobre isso pq sempre gostei de ter a liberdade que eu tenho pra escolher o que eu quero ou não pra minha vida!! Mas adorei o post, é uma excelente reflexão.
    Beeijo lindona
    Closet da Vaidosa

    ResponderExcluir
  8. Acho que essa indecisão toma conta de quase todo mundo viu, é normal, eu mesma já tive váaaarias dúvidas, passei meu ensino médio todo com a maior certeza de que iria fazer Arquitetura, acabei fazendo vestibular e desistindo na hora de me matricular, e hoje sou formada em Publicidade e feliz da vida ♥

    ResponderExcluir
  9. O desespero as vezes bate pra todo mundo. O importante é não deixar de colocar e riscar coisinhas da sua lista.
    Boa sorte, guria. Vamos sorrir <3

    Beijos,
    Gabriela Alegre
    www.itsgaby.com

    ResponderExcluir
  10. Marieli, não é nada fácil, concordo.
    Mas sabe, não é impossível! Todos passamos por essa fase, todos temos esses tipos de pensamentos, só que não devemos deixar as dúvidas nos parar. Não podemos deixar que isso nos angustie, claro que como somos humanos, esses sentimentos sempre irão nos rondar, mas devemos ser mais fortes do que eles e não temer o futuro, mas construí-lo passo a passo.

    Eu lhe desejo o melhor, que o seu presente e o seu futuro sejam mágicos, que tudo o que você gosta de fazer te acompanhe! Um grande beijo e que Deus te abençoe

    Blog Senhorita Deise

    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olar Deise! Muito obrigada pelo seu comentário, de verdade!
      A gente fica confusa e repreendendo a si mesma, mas saber que tudo vai melhor e que isso é coisa do momento é algo que já devia estar inclusa no nosso pensamento.
      Enfim, fique com Deus, beijus ♥

      Excluir
  11. No ensino médio eu entrei pensando em fazer um determinado curso na faculdade, acabei escolhendo outro totalmente diferente e no fim das contas acabei abandonando ele pela metade e fui fazer outro completamente diferente. haha Minha mãe me julga por isso até hoje, mas sinceramente eu nem ligo...porque não era ela que ia perder mais 5 anos da vida com um curso que não me fazia feliz e com um profissão eu que não ia amar trabalhar.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ai. As vezes tu podia ter terminado em algo que tu se mais identificou, porque aprendizado a gente nunca perde, mas isso vai para cada pessoa. Se não estava feliz, você fez o certo. BEIJUU ♥

      Excluir
  12. Que texto lindo!! O título já me chamou bastante atenção!! Também sou super apressada e curiosa com o que está por vir, mas aprendi que com calma tudo chega! Basta ter paciência! Adorei ♥ Beijão!!

    http://www.sorrisosnooutono.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Esse turbilhão de sentimentos e pensamentos é super complicado, né? Todo mundo acaba passando por isso em algum momento da vida. Mas super concordo contigo. ONDE DIABOS BOTARAM O ROTEIRO DA NOSSA VIDA?? Tô precisando pra ontem aiueiauhe. A gente sempre quer saber o que vai acontecer lá na frente com as escolhas que fazemos agora, mas é tão difícil imaginar as consequências. Quem dera as coisas fossem mais fáceis rs. O que nos resta é a paciência e a certeza de que tudo passa ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim SUHUSHUS.
      A gente, pessoas apressadas, sempre queremos saber o que nos espera no futuro. Eu estou aqui não muito confiante com o jornalismo, mas ai lá no futuro arquitetura, um curso que nunca pensei, está me aguardando, é muito louco. USHUSHUSHU
      BEIJU ♥

      Excluir
  14. AMei, sempre fui apressa queria que as coisas acontecesse ontem, mas aprendi que devemos esperar pois como todos dize, todo tem seu tempo determinado uma hora todo vai acontecer e quando chegar e so curti

    ResponderExcluir
  15. Parece tão fácil, mas aí você descobre que a vida é muito mais complicada do que parece e acaba tendo que fazer muitas escolhas para as quais não se sente preparada...
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  16. Marieli me identifiquei pakas com seu texto em vários aspectos.
    Primeiro assim como você eu queria ser professora quando mais nova, acabei desistindo (e hoje eu cogito ser de novo hahaha). Meu ensino médio foi extremamente conturbado, a grande parte dos meus amigos sabiam o que queriam e eu não, quis fazer jornalismo como você, medicina, direito e moda e engraçado como não temos controle sobre nossa vida né? Acabei não escolhendo nada disso, hoje estou no terceiro ano de psicologia. Ainda tenho mil dúvidas sobre o que quero e se fiz a escolha certa, mas descobri que a vida é mesmo feita de surpresas como você mesmo disse no seu texto... Outra coisa que me identifiquei muito é você falando que sonha prestar vestibular, ir pra faculdade, fazer um intercambio e depois não sabe mais... Eu lembro certinho que quando passei no vestibular fiquei com um enorme vazio porque era como se meu maior projeto de vida tivesse se concretizado (ir pra faculdade) eu sonhei/ estudei a vida inteira pra isso e quando consegui parecia que não tinha mais o que fazer, mas como dito no seu texto resolvi não me cobrar tanto e deixar as coisas rolarem, e agora várias coisas legais começaram a aparecer...
    Gostei muito do seu texto e desculpa por falar tanto, e que me fez refletir sobre minha própria vida e perceber que queira ou não queira todo mundo passa por isso hahah

    Beijinhos Bi
    https://janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Marieli me identifiquei pakas com seu texto em vários aspectos.
    Primeiro assim como você eu queria ser professora quando mais nova, acabei desistindo (e hoje eu cogito ser de novo hahaha). Meu ensino médio foi extremamente conturbado, a grande parte dos meus amigos sabiam o que queriam e eu não, quis fazer jornalismo como você, medicina, direito e moda e engraçado como não temos controle sobre nossa vida né? Acabei não escolhendo nada disso, hoje estou no terceiro ano de psicologia. Ainda tenho mil dúvidas sobre o que quero e se fiz a escolha certa, mas descobri que a vida é mesmo feita de surpresas como você mesmo disse no seu texto... Outra coisa que me identifiquei muito é você falando que sonha prestar vestibular, ir pra faculdade, fazer um intercambio e depois não sabe mais... Eu lembro certinho que quando passei no vestibular fiquei com um enorme vazio porque era como se meu maior projeto de vida tivesse se concretizado (ir pra faculdade) eu sonhei/ estudei a vida inteira pra isso e quando consegui parecia que não tinha mais o que fazer, mas como dito no seu texto resolvi não me cobrar tanto e deixar as coisas rolarem, e agora várias coisas legais começaram a aparecer...
    Gostei muito do seu texto e desculpa por falar tanto, e que me fez refletir sobre minha própria vida e perceber que queira ou não queira todo mundo passa por isso hahah

    Beijinhos Bi
    https://janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olar Bianca! Que isso moça, obrigada pelo seu comentário, o post era mais sobre isso mesmo, fazer a gente pensar no que todos passam USHUSHUS. A vida faz umas pegadinhas na gente né? Eu sinto que vou ter a mesma coisa, sabe? Entrei na faculdade, o grande projeto, mas e depois? que diacho vou fazer? então acho que o certo seria tudo no seu tempo, cada coisa no seu lugar para assim dar tudo certo. Que legal tu está em algo que não imaginava, pois sendo ou não a coisa que tu queria, valerá a pena, pois é um aprendizado que não será jogado fora. Boa sorte para ti, e novamente, obrigada pelo comentário <3
      BEIJU!

      Excluir
  18. Quando estava no ensino médio eu queria abraçar o mundo e fazer mil coisas também, mas tb tive que me decidir e acabei na publicidade. Mas uma das minhas vontade era jornalismo e ainda penso em fazer hehehe. É dificil, mas depois de um tempo vc vai ver que ninguém tem a vida resolvida, elas só parecem que tem tudo sob controle, mas não tem.
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Olha, ainda dá tempo para fazer jornalismo também. Na verdade tu tem todo o tempo do mundo! As pessoas só se passam seguras e decidas, mas no coração e na mente, não é nada com o que parece.
      BEIJU!

      Excluir
  19. Eu também queria ser professora, depois mudei para policia feminina, depois economista e hoje trabalho com marketing rsrs concordo com as pessoas que falaram que 17 anos é muito jovem para se definir uma profissão, são poucas as pessoas que com essa idade conseguem identificar o que cada área da empresa faz.
    Mas o certo é que se não sei ao certo se seríamos mais felizes ou menos felizes se tivéssemos o total controle de nossas vidas rsrsrs

    ResponderExcluir
  20. Muito legal! Entendo completamente como é, e eu mudei tantas vezes de profissão que estou com medo de mudar agora que só faltam 6 meses pro vestibular. Imagina se eu perceber que na verdade quero medicina ou algo que precise de anos de estudo e dedicação? Fico feliz da vida não ter roteiro, pois imagina o saco que seria se fossemos obrigados a fazer algo que sei la quem determinou pra nós. As vezes é gostoso o prazer da dúvida, de poder ser o que quiser.
    Xoxo
    http://ja-ta-crescida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Muito bom seu post e toda a reflexão. A vida nos pressiona a decidir cedo o que queremos e todas as outras implicâncias da vida adulta que acabam chegando cada vez mais precocemente. Acho que a gente não deve se cobrar tanto, não se pressionar tanto e tentar dar o melhor sempre (tendo em mente que estamos dando o nosso melhor).
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Acho que também tudo seria mais 'facil' nesse período sem toda a pressão que recebemos de todos os lugares, que sempre separam o que é bom ou que é ruim para eles.
      BEIJU!

      Excluir
  22. Eu tenho o tempo todos esses pensamentos, é tão dificil, na vida decidimos o que não precisamos e o que precisamos não podemos decidir :(

    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
  23. É realmente isso q vc falou... ter pressa e ficar se cobrando não é sempre uma boa. O negócio é lugar pelo que a pessoa quer e aguardar pq tudo na vida tem seu tempo! Lindo texto!

    Bjinhos,
    ❥Blog Amiga Delicada ❥ Fanpage ❥ Twitter

    ResponderExcluir
  24. NOOOOSSA, quantas vezes eu já não me perguntei porque a vida não tinha um roteiro onde alguém me puxava pela mão e me dizia pra onde ir. Infelizmente não tem, a gente toma um monte de decisão errada na maior parte do tempo, mas alguma hora acerta, nem que seja numa coisinha só. Não tá fácil, migs HAHAHA

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHSUHSUHSUSH fazer o que, né? devia ter alguém mesmo que nos orienta, que fala ' segue esse caminho que é sucesso", o jeito é quebrar a cara mesmo.
      BEIJU!

      Excluir
  25. Também fui assim, e fui ainda além... quando estava cursando o 3° semestre de Sistemas de Informação tranquei para fazer fisioterapia. Cursos totalmente diferentes. Mas, sim, eu me agradeço por ter arriscado e hoje sou completamente apaixonada pelo meu curso (também gosto de jornalismo hahaha) ❤
    www.amordevaranda.com

    ResponderExcluir
  26. Não sei se fico feliz ou triste em saber que não sou a única que se estressa com esse tipos de coisa ashuahsuahsau <3 Espero que se dê bem, moça :3

    http://winterb-irds.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHSUHSUSUSH, também não sei o que sentir. Obrigada, amor! Espero para ti também.
      BEIJU <3

      Excluir
  27. O roteiro da nossa vida foi perdido quando a gente desceu pro mundo, porque olha... Escrever nosso próprio roteiro é meio difícil, porque tem horas que a gente escreve achando que tá tudo certinho, e aí vai ler e vê que tem alguma coisa errada, aí passa a borracha, borra o papel todo, tem umas coisas que ficam borradas pra sempre e são bem difíceis de tirar, outras saem bem rápido né? Enfim, gostei muito do post!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Essas que nunca sai parece que a gente escreveu de caneta, e a gente tenta pagar feito umas loucas mas acaba rasgando tudo. Ainda bem que as outras saem bem rápida, facilita tudo USHUSHU. Obrigada <3

      Excluir
  28. Você tem feitos textos cada vez mais incríveis, parabéns cara.
    É tão dificil tomar as redeas da nossa vida, estou batalhando a cada dia, vou entregar dois diplomas em casa por pressão interna mesmo, sem cobrança dos meus pais, mas sinto que devo isso, e depois vou aprender a voar.

    Lua xx
    Meu Mundo da Lua - FanPage

    ResponderExcluir
  29. Oi lindona! É muito engraçado tudo isso, porque eu alguns momentos me pergunto: - quem que mundo vivia?, mas também acredito na teoria que tudo é no tempo certo e nao adianta acelerar as coisas. Respira funda, e tenha certeza que todas essas inseguranças todo mundo já viveu e ainda vive - e estou no time de que ainda vive. Beijos

    www.thamyrodrigues.com.br

    ResponderExcluir
  30. Adorei o texto, acho que todos nós queremos muito saber o que vai acontecer. Eu sempre me faço essa pergunta e fico pensando no que está por vir se tomar uma ou outra decisão.

    Beijos

    Blog: Senhorita Marmelada
    Instagram: @caroldelacroix

    ResponderExcluir
  31. Oi Mari, ta tudo bem? Comigo sim.
    Olha, eu te entendo completamente, quando era criança queria ser escritora, eu amo escrever mas quando cresci eu olhei a realidade e notei o quão difícil é escrever livros e viver disso.
    Pensei em pediatria, eu adorava crianças, mas não passou alguns anos e entendi que não é para mim pois hoje 1. eu não consigo ver sangue, olha eu sou a pessoa de estomago mais fraco que você pode conhecer, eu quase desmaiei em uma aula e não gosto nem de lembrar o motivo e 2. hoje,eu odeio crianças.
    Quando entrei no ensino médio a crise começou já no segundo ano, o primeiro é melhor mds você não se preocupa com nada, eu por exemplo nem fiz enem dksjfvksdfk.
    Mas pqp o segundo ano me atormentou tanto, todos meus amigos tinham ideia do que queriam fazer, TODOS, menos eu.
    Mas voltei a escrever ano passado e redescobri esse meu amor, me agarrei a jornalismo, apesar de que a profissão, a faculdade, tudo me deixa extremamente insegura, então larguei jornalismo e fui para moda, massssss onde eu moro não tem federal de moda, só particular e eu não pretendo pagar 700 reais por mês só em faculdade.
    Voltei infelizmente para jornalismo apesar do meu amô ser moda, então eu vou fazer assim:
    1- faço faculdade de jornalismo que tem a federal aqui.
    2- quando acabar eu já vou estar maior então posso trabalhar, irei trabalhar em qualquer coisa e irei fazer faculdade de moda à noite.
    3- maior parte do meu salário eu já vou estar juntando.
    4- acabei moda, irei fazer um curso especializado de "jornalismo de moda" em NY.
    5- não sei mais o que faço mas já vou estar perto dos 30 anos então quando eu tiver lá eu vou saber.

    A verdade é que mesmo eu ter feitos esses planos eu estou realmente "foda-se" com meu futuro, porque por mais que eu queira que as coisas saiam como eu quero, nunca vai ser assim! No final das contas pode ser que eu largue tudo e vire atendente da Renner, vai saber.
    Ainda tem meu blog que eu quero muito crescer, tem o curso de Cinema que meu deus eu amo muito também e quero estudar isso sim!
    Enfim, se a vida tivesse roteiro seria uma bosta, a graça é a gente fazer, montar, tudinho igual ao um livro.
    NO fim das contas eu me atrapalhei mais no que eu disse do que qualquer outra coisa, mas se não tivesse sido assim não seria eu.
    xx

    http://www.folhasdeoutono.com/

    ResponderExcluir
  32. Eu juro que eu tinha achado que respondi esse seu comentário. Apesar de ter chances de tu não ler, vou responder mesmo assim. A vida prega peças na gente, as vezes pensamos que aquilo é o que queremos, é o nosso amor e futuramente nossa maior conquista, mas sempre acaba te mostrando ao contrário, igual no seu caso com a pediatria. Esses seus passos de vida estão quase iguais aos meus, tirando a parte de moda UHSUHSU. Mas apesar das confusões, eu espero que dê tudo certo para nós. ISHSUHSUH sem problemas, entendi seu comentário <33

    ResponderExcluir
  33. Adorei esta postagem!!! Muito boa mesmo.
    Inclusive achei o blog muito lindo e incrível!!!

    Marcelo Júnior
    http://misteriosliterarios.com.br/

    ResponderExcluir